Header Ads

Covid-19. OMS ignorou avisos de Taiwan para não paralisar o mundo

Taiwan alertou para risco de pandemia dois meses e meio antes de esta ser declarada. Organização recusa responsabilidades


Taiwan informou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a 31 de dezembro do risco de uma pneumonia atípica, contagiosa entre humanos, que obrigava a isolamento e seria de difícil controlo. “Sabíamos que havia perto de uma dezena de casos de pneumonia atípica, termo usado como referência à SARS [Síndrome Respiratória Aguda Grave], transmissível e causada por um coronavírus”, explica ao Expresso Wellington Shih, um dos diretores da representação económica e cultural taiwanesa em Washington (um sucedâneo de embaixada, dado que a ilha não é reconhecida como independente).

O alarme contrariava os dados do Governo chinês, que serviam de base para as conclusões da OMS sobre a evolução da covid-19 e, por conseguinte, de referência para vários países. “Tivemos cuidado com o palavreado, mas qualquer profissional de saúde conseguiria perceber, da nossa comunicação, que, tratando-se de uma pneumonia atípica que exige isolamento, a possibilidade de contágio era muito provável”, esclarece Shih.

Este é um artigo exclusivo para assinantes Expresso. Para ler mais: https://expresso.pt/coronavirus/2020-04-26-Covid-19.-OMS-ignorou-avisos-de-Taiwan-para-nao-paralisar-o-mundo
Com tecnologia do Blogger.
Big Brother 2020 - Reality Show - BB2020 - BB 2020 - Sondagem BB2020 - Sondagem Big Brother 2020