Header Ads

Passageira agride revisora com garrafa de vidro na Linha de Sintra

A agressora, suspeita de se encontrar embriagada durante o episódio de violência, acabou por ser detida no local. A vitima teve de ser transportada para o Hospital Amadora-Sintra.


Uma mulher, de 35 anos, foi detida, na passada quinta-feira, após ter agredido uma revisora da Comboios de Portugal (CP). O episódio de violência ocorreu na estação das Mercês, na Linha de Sintra. 

Ao Notícias ao Minuto, fonte do Comando da PSP de Lisboa contou que tudo começou, por volta das 16h, no interior de um comboio que se encontrava em andamento.
Após ter provocado "perturbações aos restantes passageiros", a mulher foi interpelada por uma revisora que a alertou para o facto de ser proibido consumir bebidas alcoólicas no interior do comboio, sendo que a passageira tinha uma garrafa num saco de plástico e que aparentava estar embriagada.
De seguida, a funcionária pediu-lhe os documentos de identificação e, "de imediato", a mulher recusou-se a mostrar a sua identificação, argumentando que a situação não o justificava, e foi-lhe pedido que saísse na estação seguinte. 
Ainda dentro do comboio, a revisora terá dito à passageira para esperar naquela estação pela PSP para ser identificada. De fora da carruagem, a mulher conseguiu agredir "na face direita" a trabalhadora da CP. 
Após o golpe, a revisora abandonou o comboio e acabou por ser agredida, novamente, pela mulher que a atingiu com a garrafa de vidro que se encontrava no saco de plástico. A funcionária caiu de imediato "inanimada no chão a sangrar da cabeça". 
Na altura, "populares e outros elementos da fiscalização" conseguiram mobilizar no chão a agressora até à chegada da PSP. Ainda no local, a mulher foi assistida medicamente pelos Bombeiros Voluntários de Algueirão-MemMartins mas recusou qualquer tratamento, sendo detida por dois elementos da força policial. 
A revisora, "que exerceu o seu direito de queixa às autoridades", foi também assistida no local pelo INEM e posteriormente transportada para o Hospital Amadora-Sintra. 
O comboio acabou por ser suprimido entre a Mercês e Sintra, provocando vários atrasos noutras composições.

Com tecnologia do Blogger.
Big Brother 2020 - Reality Show - BB2020 - BB 2020 - Sondagem BB2020 - Sondagem Big Brother 2020