Header Ads

Slávia defende comentários homofóbicos de Hélder e Pedro Alves: “É cultural”


Os concorrentes entraram, há poucos dias, na casa mais vigiada do país, no entanto, já estão a dar que falar. Hélder e Pedro voltaram a fazer alguns comentários homofóbicos, que deixaram Iury espantada. Já Slávia reagiu com relativa naturalidade.

Hélder está em risco de ser expulso já no próximo domingo pelos portugueses, uma decisão que foi tomada, na tarde desta-terça-feira, pelo Big Brother. À conversa com Iury e Soraia, o técnico eletrónico, de 39 anos, afirmou que prefere ser um homem mulherengo a alguém como Edmar (homossexual). Também Pedro já tinha revelado que era “meio homofóbico”.

Entretanto, na noite desta quarta-feira, a conversa sobre homossexualidade voltou a estar no ar.

Continuar a ler


“Eles passam, eu olho e se eles demonstrarem…Eu acho que eles também devem manter o respeito. Imagina que eles agora metem-se aos beijos. Gostavas de ver isso? À tua frente e em frente a um filho teu?”, começa por perguntar Hélder.

Iury fica visivelmente chocada e pergunta-lhe se o incomoda quando um casal decide beijar-se na rua. “Um casal normal? Não”, respondeu HélderA concorrente volta a insistir. “Oh, Hélder! E incomoda-te quando um casal homossexual se beija na rua?”

“Não é incomodar. Se estiver sozinho acho que não me incomoda. Agora com um filho, não sei”, explica o concorrente.

Já Pedro referiu que “faz-lhe confusão. Não sei qual seria a minha reação. Eu acho que não tenho de estar a por aquilo à frente do meu filho. Para tudo há um lugar”.

Slávia acabou por reagir com relativa naturalidade a estes comportamentos, justificando que se deve à educação que tiveram e refere que é cultural.
Com tecnologia do Blogger.
Big Brother 2020 - Reality Show - BB2020 - BB 2020 - Sondagem BB2020 - Sondagem Big Brother 2020